Botswana intensifica luta contra caça furtiva

Gaberone, Botswana (PANA) - Para demonstrar a sua tolerância zero para a caça furtiva, o Botswana erigiu recentemente uma escultura que representa um elefante no maior aeroporto, o Aeroporto Internacional Sir Seretse Khama (SSKIA), na capital, Gaberone.

Segundo o ministro do Ambiente, Fauna e Turismo, Tshekidi Khama, a escultura fazia parte do projeto sobre as iniciativas de arte pública para sensibilizar sobre o ambiente e o desenvolvimento duradouro.

"O elefante de marfim simboliza a posição do Botswana em relação à proteção dos seus recursos naturais, em particular a gestão e a proteção dos elefantes, recursos de valor do país", declarou Khama.

No ano passado, os dirigentes africanos reuniram-se no Botswana para participar numa reunião sobre os elefantes de África para planificar e adotar uma ação com vista a combater a caça furtiva dos elefantes.

Os delegados na reunião decidiram 14 medidas urgentes visando erradicar e inverter a tendência do abate ilegal de elefantes e do comércio ilegal do marfim.

-0- PANA DRW/VAO/AKA/IS/IBA/MAR/TON 08julho2015

09 Julho 2015 15:30:10


xhtml CSS