Botswana deve continuar a apertar o cinto, de acordo com ministro das Finanças

Gaborone, Botswana (PANA) - o ministro botswanês da Economia, Kenneth Matambo, advertiu que a economia do país continua com dificuldades.

Em prelúdio ao novo ano fiscal 2018-2019, o governante anunciou, segunda-feira última, o orçamento nacional que exige sacrifícios, apesar das perspectivas económicas nacionais serem positivas.

"Isso exige esforços contínuos para se mobilizar fundos nacionais e uma boa gestão dos nossos gastos para atingirmos o objetivo da viabilidade orçamental", afirmou Matambo.

A seu ver, a falta de melhoria nas receitas existentes, associada a uma pressão contínua nas despesas, pode levar o país a recorrer a outras opções para evitar um défice orçamental durante um período de tempo prolongado.

"Gostaria de chamar de  novo todos os responsáveis das finanças públicas, sejam eles  organismo de cobrança de receitas ou ministérios, departamentos e agências, para que dêem prova de muita vigilância, em conformidade com exigências da legislação financeira nacional e da Constituição do Botswana ", acrescentou.

Matambo declarou  que o Governo prevê reforçar o cumprimento das regras e regulamentos financeiros para garantir a responsabilidade no uso de recursos financeiros públicos.

-0- PANA DRW/MA/AKA/IS/DIM/DD 06fev2017

06 février 2018 13:01:09




xhtml CSS