Boko Haram incendeia 40 casas no nordeste da Nigéria

Abuja, Nigéria (PANA) - A Polícia da Nigéria anunciou, segunda-feira, que os insurgentes do grupo extremista islâmico Boko Haram incendiaram, domingo, 40 casas numa represália em Mailari, Guzamala, no Estado de Borno, nordeste da Nigéria.

Damien Chukwu, comandante da Polícia estadual, que falava em conferência de imprensa, disse que "os terroristas" invadiram a cidade por volta das 20:00 horas locais.

Ele afirmou que o número de vítimas está ainda por determinar, mas um trabalhador humanitário num campo de deslocados internos, em Monguno, uma outra cidade do Estado de Borno, disse que um total de 63 pessoas foram mortas no ataque.

O agente humanitário disse que centenas de sobreviventes de aldeias da região fugiram para o campo de deslocados de Monguno.

Por seu turno, Abatcha Umar, uma testemunha que afirmou que o ataque ocorreu na madrugada de domingo, disse que contou 19 corpos, incluindo o do seu irmão mais novo.

Ele acrescentou que os atacantes foram vistos ao redor da aldeia três dias antes do ataque e que os moradores informaram os soldados estacionados na cidade vizinha de Gudumbali, mas que nenhuma medida foi tomada.

Combatentes do Boko Haram teriam chegado em caminhões, disparando armas e granadas lançadas por foguetes.

O ataque vem semanas depois que muitos soldados foram mortos numa emboscada no nordeste, região em que o grupo Boko Haram continua a realizar ataques violentos, apesar dos esforços do  Governo para neutralizâ-lo.

-0- PANA MON/AR/IZ 20agosto2018

20 août 2018 17:55:32


xhtml CSS