Boas perspetivas sociais para deslocados em Pool, no sul do Congo

Brazzaville, Congo (PANA) – As condições de vida dos deslocados de Pool, o sul, vão melhorar, soube-se quarta-feira de fonte oficial em Brazzaville.

Um projeto de melhoria das condições de vida e de higiene destes indivíduos foi lançado terça-feira na cidade capital congolesa. O empreendimento é valiado em um milhão e 300 mil dólares americanos financiados pela Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (USAID).

O projeto foi lançado pela ministra congolesa dos Assuntos Sociais e Ação Humanitária, Antoinette Dinga-Dzondo, e pelo embaixador norte-americano no Congo, Todd P. Haskell.

Estes fundos permitirão construir perfurações de água, casas de banho e distribuir artigos não alimentares às populações deslocadas por uma onda de violência em Pool.

Segundo um inquérito realizado em maio último pela Organização Mundial da Saúde (OMS), as taxas de desnutrição entre as crianças deslocadas na localidade de Pool ultrapassaram os limites de emergência.

A taxa de desnutrição aguda entre as crianças menores dos cinco anos é de 17,3 porcento, ou seja mais do que o limite de emergência de 15 porcento estabelecido pela OMS.

Esta ajuda norte-americana segue-se ao apelo de fundos de 70 milhões 700 mil dólares americanos, lançado em julho de 2017 pelo Governo congolês, pelo sistema das Nações Unidas e  por 16 outros parceiros humanitários.

-0- PANA MB/JSG/FK/DD 11julho2017

11 Julho 2018 11:23:39


xhtml CSS