Benin espera mais de 500 mil toneladas de algodão este ano

Cotonou, Benin (PANA) - A produção algodoeira do Benin, apesar de começar com muito atraso com dificuldades de organização interna e de abastecimento de insumos, anuncia-se com boas perspetivas, indicam os quadros do ministério da Agricultura, Pecuária e Pesca.

Com efeito, segundo estatísticas divulgadas terça-feira, a superfície total semeada eleva-se a 336 mil 602 hectares contra uma previsão de 350 mil hectares, ou seja uma taxa de realização de 96,17 porcento a 6 de agosto.

Espera-se assim uma produção de mais de 450 mil toneladas, um recorde nunca atingido pelo Benin há mais de dez anos.

Relativamente ao estabelecimento dos insumos, o diretor-geral da Sociedade Nacional de promoção agrícola, Idrissou Bako, assegura que esta etapa foi igualmente bem conduzida com seis tipos de insumos em quantidade suficiente.

Segundo o ministro da Economia e Finanças, Jonas Gbian, o Estado dispõe suficientemente de meios financeiros para enfrentar todas as operações da campanha algodeira em curso.

Indicou que num necessidade de financiamento de 82 biliões de FCFA, 93 biliões já foram comprometidos e o Governo já obteve um avanço de 47 biliões.

"Estamos a tomas as disposições para pagar os produtores em dinheiro", assegurou.

No Benin, assegura-se, o algodão representa 40 porcento das entradas em divisas, 12 a 13 porcento do Produto Interno Bruto (PIB), cerca de 60 porcento do tecido industrial nacional e assegura um rendimento a mais de um terço da população.

Após a crise de confiança entre a Associação Interprofissional de Algodão (AIC) e o Governo, na sequência da contestação dos dados da campanha passada, a campanha algodoeira em curso constitui um desafio maior para o Benin.

O Presidente Yayi Boni fez do seu êxito um desafio e multiplica os encontros com os atores, digressões nas zonas e medidas de seguimento para atingir um recorde de 500 mil toneladas.

Diversas medidas especiais foram tomadas para o efeito e o chefe do Estado prometeu até recompensas aos concelhos e aos produtores que contribuirão de modo significativo para o êxito da presente campanha.

-0- PANA IT/JSG/CJB     22ago2012

22 Agosto 2012 21:16:00


xhtml CSS