Benin acolhe VII conferência sobre castanha de cajú

Cotonou, Benin (PANA)   - A VII conferência anual da Aliança Africana para a Castanha de Cajú (ACA) terá lugar em Cotonou, capital económica do Benin, de 17 a 20 de setembro corrente sob o lema « O futuro é agora », soube-se quarta-feira junto do Ministério beninense da Indústria, Comércio, Pequenas e Médias Empresas.

Esta conferência, que reúne mais de 600 atores do setor do cajú provenientes de países africanos e do mundo, nomeadamente da China, da Índia, do Sri Lanka e do Vietnam, propõe aos produtores, aos fornecedores, aos transformadores e aos exportadores dos ateliês, fóruns de intercâmbio e uma exposição das amostras de máquinas e equipamentos de transformação do cajú.

Prevê-se também uma mesa redonda dos ministros da Agricultura e Comércio dos países produtores de cajú em África.

Durante os últimos 10 anos, a procura do cajú registou um aumento importante, sobretudo nas economias emergentes da Ásia, bem como nos Estados Unidos e na Europa.

A ACA tem como missão melhorar o nível de produção, transformação e comercialização da castanha de cajú bruto em África, onde os principais produtores são a Tanzânia (oito porcento da produção mundial), a Guiné-Bissau (oito porcento), a Côte d’Ivoire (seis porcento), Moçambique e o Benin (três porcento).

-0- PANA IT/SSB/CJB/IZ 06set2012

05 Setembro 2012 22:35:01


xhtml CSS