Bélgica quer informações sobre trabalhos atinentes a florestas da Bacia do Congo

Brazzaville, Congo (PANA)   - O facilitador da Bélgica na parceria para a Bacia do Congo, François Xavier de Donnea, pede aos diferentes parceiros em torno deste maciço florestal para darem informações sobre o avanço dos seus trabalhos.

« O Conselho Diretor da Parceria para as Florestas da Bacia do Congo vai trabalhar para facilitar o diálogo entre responsáveis políticos, doadores de fundos, a sociedade civil e o setor privado com o objetivo de promover a necessidade de proteger as florestas",  declarou segunda-feira última em Brazzaville François Xavier de Donnea, no termo de uma reunião com a ministra congolesa do Turismo e Ambiente, Arlette Soudan Nonault.

"Trata-se, acrescentou, de levar os responsáveis políticos a encontrarem soluções eficazes para salvaguardar os interesses das gerações futuras.

No termo da grande sessão de trabalho, os diferentes parceiros deverão apresentar cada um relatório sobre os resultados dos trabalhos feitos. Eles deverão na mesma ocasião definir o seu programa de ações para os próximos meses a fim de permitir estabelecer pistas de soluções e  garantir a salvaguarda do ambiente, das florestas e da biodiversidade na Bacia do Congo o chamado "pulmão verde” para o bem-estar da humanidade inteira.

« Se forem destruídas as florestas em África, haverá uma repercussão na mudança climática que afetará as regiões de África e da Europa » , concluiu Xavier de Donnea, também ministro de Estado na Bélgica.

-0- PANA MB/TBM/FK/DD 5junho2018

05 Junho 2018 10:55:47


xhtml CSS