Bélgica informa Serra Leoa, Libéria e Guiné Conakry sobre medidas relativas a vírus de Ébola

Bruxelas, Bélgica (PANA) - O ministro belga da Cooperação para o Desenvolvimento, Alexander De Croo, recebeu no seu gabinete em Bruxelas os diplomatas da Serra Leoa, da Libéria e da Guiné Conakry para os informar sobre as disposições tomadas pela Bélgica para lutar contra a epidemia de Ébola à qual será consagrada parte do orçamento do seu departamento, segundo um comunicado oficial.

De Croo disse que a prioridade da Bélgica é fazer recuar o número de casos de contaminação pelo vírus mortal e  refletir sobre os meios de reforçar as capacidades de resiliência dos países afetados com o objetivo de ajudar os países afetados, num estádio posterior, a reconstruir e a consolidar os seus sistemas de saúde.

Ele sublinhou a importância da manutenção dos voos da Brussels Airlines com destino a estes países para que eles não sejam cortados do resto do mundo.

O ministro belga da Cooperação para o Desenvolvimento afirmou que a suspensão desta ligação afetará "vigorosamente" a assistência, já que, semanalmente, dezenas de toneladas  de equipamentos são transportados via áerea e centenas de profissionais de saúde partem da Europa para a África Ocidental, visto que a Brussels Airlines é a única companhia aérea que continua a garantir a ligação aos países da África Ocidental.

-0- PANA AK/IS/FK/TON 26nov2014

26 Novembro 2014 15:08:12




xhtml CSS