Bélgica apoia candidatura do Senegal para albergar Cimeira da Francofonia

Bruxelas, Bélgica  (PANA) - A Bélgica vai apoiar a candidatura do Senegal para a organização da próxima Cimeira da Francofonia, anunciou à imprensa segunda-feira o ministro-presidente  da Federação Valónia-Bruxelas, Ruddy Demotte.

Demotte e o vice-primeiro ministro e ministro dos Negócios Estrangeiros, Didier Reynders, vão representar a Bélgica na Cimeira da Francofonia, prevista em Kinshasa de 12 a 14 de outubro.

Durante a sua estada na capital congolesa, Demotte vai discutir com o Presidente do Senegal, Macky Sall.

A propósito da situação de segurança na República Democrática do Congo (RDC), ele indicou que está preocupado pela tragédia que vivem as populações do leste do país onde sevicia o grupo rebelde M23 , exigindo a cessação das interferências externas na RDC, sem citar explicitamente o Rwanda.

«Apoiámos desde o início a candidatura de Kinshasa para acolher a Cimeira da Francofonia», afirmou Ruddy Demotte, em resposta à oposição política congolesa que organizou sábado uma marcha em Bruxelas para protestar contra a realização da reunião na capital congolesa.

Ele disse que a Federação Valónia-Bruxelas financiou a cimeira, nomeadamente pela realização dos trabalhos de renovação do Teatro de Verdura no Monte Ngaliema e pela formação de pessoal dos hotéis, restaurantes e cafés de Kinshasa.

Pelo menos três mil participantes são esperados em Kinshasa para a Cimeira da Francofonia.

-0- PANA AK/TBM/DIM/TON 08outubro2012

08 Outubro 2012 20:42:31




xhtml CSS