Bélgica angaria 500 milhões de euros para ajudar mulheres africanas

Bruxelas, Bélgica (PANA) – A Bélgica e parceiros organizam, a 2 de dezembro próximo, na cidade sul-africana de Joanesburgo, um festival internacional para marcar o fim da campanha de sensibilização “ShelsEqual”, lançada em junho último, em Bruxelas, para angariar 500 milhões de euros para ajudar cerca de 20 milhões de mulheres em África e no mundo.

Segundo um comunicado governamental belga, a promoção dos direitos das mulheres e a realização dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODD) são as principais metas da campanha "ShelsEqual".

O festival será organizado no quadro do "Festival Mundial Mandela 100" que deve marcar o centenário do nascimento de Nelson Mandela, o líder histórico do Congresso Nacional Africano (ANC), atual partido no poder na África do Sul, que lutou durante toda a sua vida  contra o regime de Apartheid, sistema de discriminação racial antinegro na África do Sul.

"Com a campanha ShelsEqual, nós esperamos angariar 500 milhões de euros destinados a melhorar o futuro de 20 milhões de meninas e mulheres em África e em outras zonas no mundo", declarou o ministro belga da Cooperação, Alexander De Croo, que assistirá ao evento.

Ele anunciou a participação neste evento dos Presidentes sul-africano, Cyril Ramaphosa, bem como do Gana, Nana Akufo-Adodo, e de outras personalidades.

Com o apoio financeiro da Fundação Bill e Melinda Gates, o festival contará ainda com a participação de grandes artistas mundiais tais como Beyoncé Pharrel William, Femi Kuti, Youssouf N’Dour e Kofi Olomidé.

-0- PANA AK/BEH/FK/IZ 16julho2018

16 Julho 2018 18:18:43


xhtml CSS