Basquetebolistas angolanos condicionam participação na seleção à liquidação de dívidas

Luanda, Angola (PANA) - Os jogadores da seleção angolana sénior masculina de basquetebol convocados para a segunda fase de apuramento ao Mundial da modalidade recusam-se a treinar sem o pagamento das suas ajudas de custos referentes ao torneio anterior, decorrido de 28 de julho a 05 de agosto deste ano, na China, soube-se sexta-feira de fonte desportiva.

Segundo o presidente da Federação Angolana de Basquetebol (FAB), Hélder Cruz, este órgão  "não tem ainda condições financeiras" para dar resposta ao problema, a 20 dias do início da campanha da segunda fase de apuramento à prova mundial.

Hélder Cruz, que falava em conferência de imprensa, marcada pela presença do selecionador William Voigt, de nacionalidade americana, disse contudo que a Federação vai analisar a questão com o técnico nacional e jogadores, para se encontrar uma "solução consensual".

A Federação de basquetebol enfrenta sérios problemas financeiros que quase comprometeram, inclusive,  a participação da seleção de Sub-18, campeã africana, no Africano da categoria no Mali, chegando ao local da competição (Bamako) apenas esta sexta-feira, dia do início da competição.

A primeira volta da segunda fase de apuramento ao Mundial de 2019 será disputada de 14 a 16 de setembro próximo, em Tunís (Tunísia).

-0- PANA IZ ANGOP/IZ 24agosto2018

24 août 2018 18:52:20


xhtml CSS