Baixa dos preços do gado no Mali

Bamako- Mali (PANA) -- Os preços do gado sofrem uma baixa no Mali por causa da interrupção das exportações para a Côte d'Ivoire, soube-se quarta-feira junto da Federação inter-profissional da fieira carne e gado (FEBEVIM).
Segundo esta estrutura, o gado bovino destinado à Côte d'Ivoire (País que importa 90 por cento do gado maliano destinado à exportação), vendido outroura entre 175 mil FCFA e 180 mil FCFA (entre 268 Dólares e 276 Dólares), vende-se actualmente à 125 FCFA (190 Dólares).
A FEBEVIM salienta ainda que o touro de engorda que se vendia a 300 mil FCFA (460 Dólares) é vendido hoje a 200 mil FCFA (307 Dólares) nos mercados de gado de Bamako, a capital, sujeita a um grande congestionamento.
Um recente relatório do ministro maliano da Economia e Finanças, sobre as "consequências da crise ivoirense, desde 19 de Setembro, na economia maliana", estima em 3,6 bilhões de FCFA (mais de cinco milhões de Dólares) o défice sofrido pela filial de gado.
A direcção nacional de estatística e informática (DNSI) indicava recentemente num estudo, que o gado maliano proporcionou cerca de 137,7 bilhões de FCFA (mais de 211 milhões de Dólares) ao Tesouro público, constituindo assim uma fonte de receitas muito importante para o país.
A mesma estrutura informa que o total do gado maliano, com seis milhões de bovinos e 16 milhões de ovinos, representa 30 por cento do conjunto de actividades rurais do país e 10 por cento das receitas de exportação do país, depois do ouro e do algodão.

11 Dezembro 2002 19:14:00


xhtml CSS