BM concede crédito de 5,7 biliões de dólares à África Subsariana

Accra- Gana (PANA) -- O Banco Mundial (BM) anunciou ter concedido um crédito de 5,7 biliões de dólares à África Subsariana durante o exercício fiscal que terminou a 30 de Junho do ano corrente contra 4,7 biliões de dólares para o ano passado, indica um comunicado oficial.
De acordo com esta nota do BM publicada segunda-feira à noite em Accra onde decorre desde domingo último a 9ª Cimeira da União Africana (UA), estes financiamentos foram fornecidos pela Associação Internacional de Desenvolvimento (IDA), uma das suas instituições para o desenvolvimento.
Globalmente, 50 por cento do envelope de créditos e subvenções da IDA estimado em 161 biliões de dólares foram atribuídos à África, desde a sua criação.
"Os financiamentos da IDA para 2006 (de 1 de Julho de 2005 a 30 de Junho do ano transacto), respectivamente 1,2 bilião de dólares de subvenções e de 4 biliões de dólares de créditos, representam o duplo da ajuda fornecida em 2000, enquanto a concessão de 3,5 biliões de dólares para 2006 representa um aumento de mais de 100 por cento em relação ao ano 2000", de acordo com o comunicado.
Por outro, o BM reafirmou que o continente africano continua a ser a sua principal prioridade sob a direcção do novo presidente, Robert Zoellick, que substitiu sábado último, no cargo, Paul Wolfowitz, que se demitiu após ter sido acusado de conceder de maneira indevida uma importante promoção à sua mulher com os fundos do BM.

02 Julho 2007 20:36:00




xhtml CSS