BAD financia projeto de interconexão elétrica de 2 cidades guineense e maliana

Bamako, Mali (PANA) – O Banco Africano de Desenvolvimento (BAD) anunciou ter validado o projeto de financiamento duma linha de alta tensão de 714 quilómetros, que ligará as cidades de N’Zérékoré na Guiné-Conakry e de  Sanankoroba no Mali, cujos trabalhos vão até 2021, segundo um comunicado da instituição financeira transmitido sábado à PANA, em Bamako.

Esta futura linha para  a qual o BAD vai conceder 71 milhões dos 358 milhões de euros para a instalação desta linha de 714 quilometros de distância deverá permitir a 201 aldeias da Guiné Conakry e do Mali serem conetadas à rede elétrica.

Na Guiné-Conakry, país mineiro, o projeto poderá facilitar a implantação de novas empresas mineiras. A  taxa de acesso à eletricidade na Guiné-Conakry está avaliada em 18 porcento, enquanto ela é de 41 porcento no Mali.

A prazo, a nova linha deverá ser conetada às linhas de alta tensão sub-regionais em curso de construção para garantir a interconexão entre, de um lado, o Benin, o Burkina Faso, a Côte d’Ivoire, o Gana, a Nigéria, o Níger e o Togo e, do outro, a Gâmbia, a Guiné-Conakry, a Guiné-Bissau, o Mali, a Libéria, o Senegal e a Serra Leoa,  explica do BAD.

O projeto vai também beneficiar de financiamento de outras instituições e bancos multilaterais de desenvolvimento, designadamente o Banco Mundial (BM), a União Europeia (UE), o Banco Islâmico de Desenvolvimento (BID), o Banco Oeste-Africano de Desenvolvimento (BOAD) , o Banco Investimento e Desenvolvimento da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO), o Banco Europeu de Invesmento (BEI).

-0- PANA GT/BEH/FK/IZ 17dez2017

17 Dezembro 2017 13:33:04


xhtml CSS