Ativista libertado na Mauritânia

Nouakchott, Mauritânia  (PANA) – O coordenador do movimento " Não toque na minha nacionalidade", Abdoul Birane Wane, foi libertado quarta-feira à tarde depois de quatro dias de prisão vigiada num comissariado de polícia de Nouakchott, soube-se de fonte oficial.

O ativista foi acusado de ter planificado atos de violência contra instalações universitárias no quadro duma greve dos estudantes que levou as autoridades a ordenar várias semanas de suspensões de aulas, de acordo com a fonte.

Constituído por jovens negro-africanos, o movimento « Não toque na minha nacionalidade» denuncia o censo da população mauritana que, segundo ele, é discriminatório.

-0- PANA SAS/DIM/DD 09fev2012

09 Fevereiro 2012 22:21:54


xhtml CSS