Argélia encerra seu espaço aéreo a aviões líbios

Tripoli , Líbia (PANA) – Vários corredores do espaço aéreo da Argélia utilizados por aviões civis líbios devido aos confrontos em curso nos arredores do aeroporto de Tripoli, foram encerrados, noticiou a Agência Líbia de Notícias (LANA).

Os Wilayas (governos provinciais), em colaboração com as torres de controlo, encerraram vários corredores utilizados por aviões cargueiros líbios, indicou a LANA, citando o jornal argelino "al-Khabar" que relata as declarações duma fonte responsável do Estado-Maior da Força Aérea argelina.

Segundo  esta mesma fonte, esta medida tomada pelo Ministério argelino da Defesa, não afeta todos os aviões que provêm da Líbia, mas lida com qualquer voo com uma grande precaução  pedindo informações específicas à tripulação do avião e verificando-nas junto das torres de controlo dos países donde descolou o avião e que utilizam ainda o espaço aéreo líbio.

De acordo com o jornal argelino, informações revelam que países ocidentais estão a controlar o aeroporto de Tripoli diariamente para impedir grupos salafistas djihadistas de porem a mão em qualquer avião civil.

Os confrontos pelo controlo deste aeroporto eclodiram a 13 de julho corrente entre ex-rebeldes de Zenten, que controlam o aeroporto desde a destituição do regime de Muamar Kadafi em agosto de 2011, e grupos armados compostos por ex-rebeldes de Misrata (sul) e pelos seus aliados da Câmara dos Revolucionários da Líbia filiados no movimento islamita e determinados a pôr termo à hegemonia dos seus inimigos nesta infraestrutura.

Os combates, durante os quais foram utilizadas armas pesadas, já fizeram mais de 47 mortos e 120 feridos, bem como danos avultados a nível do aeroporto,

Um recente incêndio no local destruiu 20 aviões adquiridos há bem pouco tempo, assim como  bens privados e depósitos de combustíveis e de medicamentos, estimados em dois biliões de dinares líbios (cerca de 16 milhões e 267 mil dólares americanos), segundo peritos.

-0- PANA/BY/BEH/SOC/FK/DD 24julho2014

24 Julho 2014 10:06:40




xhtml CSS