Argélia condena ataque contra patrulha tunisina perto da fronteira comum

Argel, Argélia (PANA) - A Argélia condena com "força" o "ataque "terrorista" de domingo contra uma patrulha da Guarda Nacional da Tunísia (gendarmaria) na província Jendouba, perto da fronteira comum que matou seis gendarmes.

"Condenamos com força o ataque terrorista que visou, hoje, domingo 8 de julho de 2018, uma patrulha da guarda nacional tunisina, no setor de Ain Sultan, na província de Jendouba", declarou o porta-voz do ministério argelino dos Negócios Estrangeiros, Abdelaziz Benali Cherif.

"A Argélia inclina-se para os seis soldados tunisinos tombados no cumprimento do seu dever ao serviço do seu país e apresenta as suas sinceras condolências às suas respetivas famílias, bem como ao povo e ao Governo tunisinos irmãos", lamentou Cherif.

O movimento "Katiba" Oqba Ben Naaf, filiado na nebulosa Al-Qaeda no Magrebe Islâmico (AQMI), atacou uma patrulha da gendarmaria tunisina, indicou a imprensa argelina, refere-se.

-0- PANA YY/IN/DIM/DD 10 julho de 2018

09 Julho 2018 11:34:01


xhtml CSS