Arcebispo de Bamako nomeado cardeal por Papa francisco

Bamako, Mali (PANA) - O arcebispo de Bamako, Jean Zerbo, foi nomeado, quarta-feira, cardeal pelo Papa Francisco, num consistório em que participaram várias personalidades do Vaticano, e torna-se no 25º cardeal africano, segundo o diário nacional maliano L´Essor.

A cerimónia ocorreu na presença dos membros do Conselho Episcopal do Mali, de três representantes do Alto Conselho Islâmico e de um representante da confissão protestante.

Além de monsenhor Zerbo, foram igualmente nomeados cardeais Juan José Omella, arcebispo de Barcelona (Espanha); Anders Arborelius, arcebispo de Estocolmo (Suécia); Louis Marie Ling Mangkhanekhoun, arcebispo de Paksé (Laos) e Gregorio Rosa Chavez, arcebispo de San Salvador (Salvador).

Nascido a 27 de dezembro de 1943, em Segou, no centro do Mali, a cerca de 240 quilómetros de Bamako, Jean Zerbo é um prelado católico maliano, arcebispo de Bamako desde 1998.

A 10 de julho de 1971, foi ordenado padre para a diocese de Ségou por Pierre Louis Leclerc,  seu bispo. Em dezembro de 1975, foi estudante em Lyon e, em 1982, voltou ao Mali afetado à paróquia de Markala.

Em junho de 1988, foi nomeado bispo auxiliar de Bamako, com o título de bispo titular de Accia. Foi consagrado pelo cardeal Jozef Tomko, prefeito da Congretação para a Evangelização dos povos, a 20 de novembro de 1988.

Entre dezembro de 1994 e junho de 1998, foi transferido para a diocese de Mopti e, a 27 de junho de 1998, tornou-se em arcebispo metropolitano de Bamako.

A 21 de maio de 2017, no fim do Regina Coeli, o Papa Francisco anuncia a sua criação como cardeal durante o consistório de 28 de junho de 2017.

-0- PANA GT/JS/MAR/IZ 29junho2017

29 Junho 2017 19:39:30


xhtml CSS