Arábia Saudita fornece petróleo ao Sudão durante cinco anos

Cartum, Sudão (PANA) - O Governo sudanês assinou um projeto de acordo preliminar com a Arábia Saudita, segundo o qual este país do Golfo fornecerá ao Sudão petróleo durante cinco anos à razão de um milhão e 800 mil toneladas por ano e a um preço preferencial.

Citando uma "fonte presidencial", a Agência Sudanesa de Notícias (SUNA) indica que o acordo será concluído nos próximos dias após a finalização dos aspetos financeiros do documento.

A fonte presidencial não identificada indica que o ministro sudanês do Petróleo e do Gás, Abdul Rahman Osman; o ministro das Finanças, Abdul Rahman Dhirar, e o governador do Banco Central do Sudão, Hazim Abdul Gadir; visitaram a Arábia Saudita em resposta a um convite das autoridades sauditas para discutir sobre a cooperação entre os dois países.

As principais cidades sudanesas enfrentam atualmente uma penúria de combustível, marcada por longas filas de esperas de camiões e outros veículos em alguns bairros para obter gasolina ou benzeno.

O Governo atribuiu essa escassez à limpeza periódica da refinaria de petróleo localizada nos arredores de Cartum, um processo que ocorre todos os anos entre abril e maio.

O Sudão perdeu mais de 75 porcento das suas reservas de petróleos para a independência do Sudão do Sul, em 2011, lembre-se.

-0- PANA MO/VAO/NFB/DIM/IZ 08maio2018


08 Maio 2018 18:59:17


xhtml CSS