Arábia Saudita condena massacre de muçulmanos em mesquita centroafricana

Riade, Arábia Saudita (PANA) - A Arábia Saudita condenou fortemente, terça-feira, o massacre pela milícia Antibalaka de 26 muçulmanos numa mesquita na República Centroafricana (RCA).

Num comunicado, o Ministério saudita dos Negócios Estrangeiros "condena nos termos mais firmes o ataque ocorrido dentro duma mesquita na localidade de Djimbi, no sudeste da RCA".

O Imam e 25 outras  pessoas que  oravam na mesquita foram mortos pelos atacantes Antibalaka, grupo composto principalmente de cristãos.

A Arábia Saudita manifestou a sua solidariedade para com "a República amiga centroafricana contra o extremismo e o terrorismo".

A RCA enfrenta, desde 2013 confrontos confessionais entre as milícias Antibalaka e Séléka, esta última uma aliança de movimentos rebeldes provenientes do nordeste do país maioritariamente muçulmanos.

-0- PANA AT/IN/DIM/IZ 17out2017

17 Outubro 2017 16:22:52




xhtml CSS