Apelo de Chambaz para uma melhor integração dos Estados da CEDEAO

Dakar- Senegal (PANA) -- O secretário executivo da Comunidade económica dos Estados da África ocidental (CEDEAO), Mohamed Ibn Chambaz, convidou segunda-feira, em Dakar, os Estados membros da organização a ratificarem e implementarem todos os acordos sobre a livre circulação de pessoas e bens no espaço comunitário.
"Devemos todos ratificar os protocolos de acordos sobre a livre circulação de pessoas e bens e integrá-los nas nossas legislações nacionais.
A crise ivoirense mostrou-nos a necessidade de harmonizarmos as nossas legislações neste domínio e fazermos implementar o princípio da reciprocidade", declarou quando apresentava o seu relatório anual de actividades.
"Devemos tornar estes acordos efectivos, senão haverá sempre problemas que vão entravar o nosso processo de integração.
Devemos fazer esforços par evitarmos problemas de ordem social e encorajarmos investimentos a longo prazo na nossa comunidade", acrescentou o secretário executivo da CEDEAO.
Intervindo no segundo dia da 49a sessão do Conselho dos ministros da CEDEAO, que precede a cimeira dos chefes do Estado, Chambaz desejou também que se fizesse circular rapidamente o passaporte da CEDEAO em todos países membros desta organização.
"Sómente o Benim e o Senegal puseram em circulação o passaporte CEDEAO.
Os outros devem seguir o exemplo destes dois países", disse.
Mohamed Ibn Chambaz anunciou também a criação, dentro em breve, de um Observatório sobre o tratamente das pessoas nas fronteiras dos países membros da CEDEAO e um projecto comunitário de convenção sobre os inquéritos transfronteiriços para lutarem contra os crimes.

27 Janeiro 2003 18:29:00




xhtml CSS