Antigo PM somalí eleito Presidente

Mogadíscio, Somália (PANA) – Mohamed Abdullahi Farmajo, primeiro-ministro da Somália entre 2010 e 2011, foi imediatamente empossado quarta-feira como o novo Presidente da República, pouco depois de ser declarado pelo Parlamento vencedor do escrutínio presidencial.

Eleito pelos parlamentares, no mesmo dia, com 184 votos contra os 95 do Presidente cessante, Hassan Sheikh Mohamud, e 45 de um terceiro candidato, Mohamed Farmajo vai dirigir o Estado somalí nos próximos quatro anos.

Hassan Sheikh ganhou a primeira volta do escrutínio, que teve 21 candidatos e que depois foram reduzidos a quatro.

Desse número, o primeiro-ministro Omar Sharmake também acabou por desistir, alegando interferências no processo, mas convidou os seus eleitores a "votarem por mudanças", um sinal de que ele não apoiava a candidatura de Hassan Sheikh.

Farmajo entrou na corrida eleitoral depois de perder no escrutínio de 2012, apesar da sua popularidade.

Ele trabalhou como primeiro-ministro por menos de um ano e foi forçado a resignar-se, nos termos de um acordo apoiado pela população quando ele recusou inicialmente o cargo.

-0- PANA IZ 09fev2017

09 Fevereiro 2017 11:46:33




xhtml CSS