Annan exorta ivoirienses a aplicarem acordos de Marcoussis

Ouagadougou- Burkina Faso (PANA) -- o Secretário-Geral das   Nações Unidas (ONU), Kofi Annan, apelou em Ouagadougou as autoridades ivoirienses e as Forças Novas para se empenharem numa dinâmica de paz conducente à aplicação dos acordos de Linas Marcoussis e de Accra III.
Chegado a Ouagadougou, quarta-feira, no quadro duma visita de trabalho de 24 horas, Annan prometeu abordar com o Presidente burkinabe, Blaise Compaoré, as questões relativas às crises que grassam pelo continente africano, incluindo a situação prevalecente na Côte d'Ivoire.
Por outro lado o Secretário-Geral da ONU exortou os protagonistas da crise ivoiriense a iniciarem negociações pois, afirmou, o desfecho positivo da crise passa obrigatoriamente pela aplicação dos acordos de Marcoussis e de Accra III.
"A força militar nunca pode resolver os problemas.
As partes beligerantes ivoirienses estão condenadas a viver juntas.
Daí que é preciso doravante aceitar a abertura de discussões para se encontrar a solução para esta questão espinhosa que destrói a sub-região", advertiu Kofi Annan.
Segundo observadores, além da crise ivoiriense, Kofi Annan terá tido em Ouagadougou dicussões políticas sobre as crises na Guiné-Bissau, no Sudão e na região dos Grandes Lagos.
Antes de participar na X cimera da Francofonia de 26 a 27 de Novembro, em Ouagadougou, Annan encontrou-se com os responsáveis do sistema das Nações Unidas no Burkina Faso.

26 Novembro 2004 11:54:00




xhtml CSS