Angola promete colaborar com ACNUR no repatriamento de seus cidadãos

Cairo- Egipto (PANA) -- Angola vai colabarar com o Alto Comissriado das Nações Unidas para Refugiados (ACNUR) a fim de organizar o regresso dos seus cidadãos residentes na Zâmbia e na República Democrática do Congo (RDC), anunciou o primeiro-ministro angolano, Fernando da Piedade Dias dos Santos.
O chefe do executivo angolano fez este anúncio no termo de um encontro com o alto comissário do ACNUR, o português António Guteres, à magem da Cimeira da União Africana realizada de 30 de Junho a 1 de Julho em Charm El-Cheikh, no Egipto.
A saída do encontro, Guterres confiou à imprensa ter abordado com o primeiro- ministro angolano o regresso de pequenos grupos de refugiados angolanos, bem como os esforços que estão a ser feitos a fim de integrar alguns nos seus países de origem.
De acordo com o ex-primeiro-ministro português, estes esforços deverão resultar na assinatura proximamente de acordos com base nos direitos dos refugiados a regressarem às suas pátrias.
O funcionário onusino lembrou que milhares de refugiados angolanos foram repatriados graças à excelente cooperação entre o ACNUR e as autoridades de Luanda.

04 Julho 2008 22:34:00


xhtml CSS