Angola massifica tecnologias de informação

Luanda- Angola (PANA) -- O governo angolano está a implementar desde o primeiro trimestre deste ano programas de massificação das tecnologias de informação com a criação de centros comunitários e telecentros ligados à internet, soube-se quinta-feira de fonte oficial em Luanda.
O projecto, apoiado pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), tem como objectivo a criação de uma rede electrónica para apoiar as organizações sociais na comunicação e na troca de informações com parceiros locais e internacionais.
O programa visa também fornecer instrumentos de tecnologias de informação para a disseminação e troca de informações nas áreas dos direitos humanos, da construção da paz, do desenvolvimento sustentável, da estratégia de redução da pobreza e da assistência humanitária.
Segundo a engenheira Maravilha Fernandes, coordenadora da Comissão Nacional das Tecnologias de Informação, o programa denominado "ANGONET", é um dos primeiros a ser implantado na África Austral.
O projecto será desenvolvido em duas fases durante três anos, consistindo a primeira, que está em curso na província do Huambo (centro), na instalação e operação da "VSAT" (antena para emissão de dados via satélite) e de equipamentos informáticos.
A segunda fase inclui a instalação e operação de uma rede idêntica e correspondente aos telecentros nas províncias do Bié, Huambo (centro) Malanje, Cabinda, Uíje e Zaire (norte).
Um projecto similar está a ser implementado em Angola pela Cooperação Francesa através da Embaixada de França.

14 Julho 2005 21:00:00


xhtml CSS