Angola alberga cimeira da ONU sobre tecnologias de comunicação

Luanda- Angola (PANA) -- Trinta e três países participam desde esta quarta-feira, em Luanda, da conferência internacional da ONU sobre "o reforço da capacidade estratégica da competitividade no domínio das tecnologias de informação e comunicação" .
O acto de abertura foi feito pelo vice-ministro Angolano das Relações Exteriores, George Chicoti, e fórum tem o seu termo previsto para o dia 17 Janeiro.
No evento, em que os países participantes são membros da Comissão das Nações Unidas para Ciência e Tecnologia ao Serviço do Desenvolvimento (CSTD), a promotora do evento, "Angola vai abordar questões ligadas as actividades levadas à cabo neste domínio, nos últimos três anos".
A PANA soube de uma fonte a organização que "as conclusões desta cimeira serão apresentadas na conferência mundial sobre "Sociedade de Informação", a ter lugar em Dezembro de 2003, em Genebra, Suíça, e numa reunião sobre a mesma matéria, e que terá lugar em 2005, na Jamaica".
Criada em 19992, a CSTD é uma das comissões funcionais do Conselho Económico e Social da ONU (ECOSOC), que tem como prioridades a transferência de tecnologias e desenvolvimento das capacidades infra-estruturais no domínio da ciência, dos países desenvolvimentos para os sub-desenvolvidos.
Ela tem um mandato de quatro anos, e, em cada sessão, a instituição elege um Bureau composto por um presidente e quatro vices-presidentes.
Actualmente, o Sri Lanka assume a presidência, enquanto as quatro vice-presidências estão a cargo de Angola, Paraguai, Eslováquia e Espanha.
Angola cessa o seu mandato este ano.

15 Janeiro 2003 18:25:00


xhtml CSS