Ampliação de aeroporto em Cabo Verde avaliada em 7,4 milhões de euros

Praia, Cabo Verde (PANA) - O projeto de ampliação profunda do terminal do Aeroporto Internacional Amílcar Cabral, principal infraestrutura aeroportuária de Cabo Verde, situada na ilha do Sal, vai custar à empresa de Aeroporto de Segurança Aérea (ASA) cerca de 7 milhões e 400 mil euros, soube a PANA de fonte oficial.

A cerimónia de lançamento da primeira pedra que marca o arranque dos trabalhos foi presidida quarta-feira pelo primeiro-ministro, José Maria Neves, devendo as obras serem concluídas em 24 meses, ou seja em julho de 2017.

De acordo com o diretor de Engenharia e Manutenção Aeroportuária, Nuno Santos, o projeto foi esboçado para um horizonte até 2030 para adaptar o aeroporto a um perfil do tráfego existente e à demanda prevista para mais 15 anos.

A ampliação abrangerá uma nova zona de embarque, uma área comercial, a remodelação das salas de chegada e partida, assim como a de controlo de passaportes.

“Convém frisar que este projeto é um complemento das várias remodelações que a infraestrutura tem sofrido, nomeadamente o parque de autocarros para operadores turísticos, a zona de check-in e partidas domésticas”, explicou.

Cabo Verde possui atualmente quatro aeroportos internacionais que beneficiam de obras permanentes à medida que os fluxos aumentam para responder à demanda.

Neste momento, o Aeroporto Internacional Nelson Mandela, na cidade da Praia, está a beneficiar de obras de ampliação e modernização com vista a adequá-lo às novas demandas do mercado.

Orçadas em 2,26 milhões de euros, co-financiados pelo Banco Africano de Desenvolvimento (BAD) e pelo Governo cabo-verdiano, as obras consistem na extensão do terminal de passageiro, na remodelação do terminal de cargas e na extensão da plataforma de estacionamento das aeronaves.

Na passada segunda-feira, o primeiro-ministro cabo-verdiano procedeu ao lançamento da primeira pedra para as obras de expansão do terminal de passageiros do aeroporto internacional Aristides Pereira, na ilha da Boa Vista.

Orçado em 700 mil contos (cerca de 6,36 milhões de euros), o projeto prevê o alargamento do aeroporto para Norte e Sul, de modo a responder ao aumento exponencial do tráfego de passageiros nos últimos anos.

-0-  PANA  CS/TON  30julho2015



30 Julho 2015 17:34:44




xhtml CSS