Alta comissária adjunta da ONU para refugiados visita Rwanda

Kigali, Rwanda (PANA) – A alta comissária adjunta das Nações Unidas para os Refugiados , a Americana Kelly T. Clements, encontra-se, há dois dias, em Kigali para uma visita de trabalho de três dias ao Rwanda, soube a PANA esta terça-feira de fonte oficial em Kigali.

Da sua agenda consta uma visita ao campo dos refugiados congoleses situado em Gihembe (norte) designado como sendo o mais antigo estabelecido no Rwanda desde 1996, indica-se.

Vai igualmente avistar-se com responsáveis do Ministério rwandês encarregue dos Refugiados e Gestão das Catástrofes no quadro duma missão de avaliação das necessidades dos refugiados congoleses e burundeses atualmente acolhidos em diferentes campos instalados no Rwanda.

Trata-se nomeadamente duma primeira visita ao Rwanda e duma tomada de contacto com os responsáveis deste país desde que Clements foi nomeada para este cargo pelo Secretário-Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Ban Ki-moon, em junho último.

Está quarta-feira, Clements vai igualmente reunir-se com a embaixadora norte-americana em Kigali, Erica Barks-Ruggles, com quem terá discussões sobre a situação humanitária na sub-região bem como o papel do Governo norte-americano, indica-se.

Antes de deixar o Rwanda, a responsável onusina vai depositar uma coroa de flores no memorial do genocídio em Gisozi, nos arredores de Kigali, para prestar homenagem às vítimas diedra carnificina ocorrida em 1994 no Rwanda e que fez cerca de 800 mil mortos, maioritariamente Tutsi, tribo minoritária.

Segundo estatísticas do escritório do representante do Alto Comissariado da ONU para os Refugiados (ACNUR)  em Kigali, o Rwanda alberga atualmente quase 140 mil refugiados  essencialmente originários do Burundi e da vizinha República Democrática do Congo (RDC).

-0- PANA TWA/BEH/FK/DD 17nov2015

17 Novembro 2015 22:52:31


xhtml CSS