Alerta para cólera no Botswana

Gaborone, Botswana (PANA)   - O Botswana está em alerta máximo na sequência da epidemia de cólera declarada em vários países da África Oriental e Central, dos quais o Malawi, o Quénia, o Sudão do Sul, Moçambique, a Tanzânia e Angola, declarou a ministra da Saúde e Bem-Estar, Dorcas Makgato.

Porém, frisou a governante, a situação está sob controlo depois de a Zâmbia se ter declarada afetata por uma epidemia de cólera, a 12 de outubro de 2017, de acordo com a mesma fonte.

« Todas as estruturas sanitárias públicas do Botswana estão em estado de alerta máximo e prontas para prestar os serviços de saúde necessários para fazer face à cólera », garantiu Dorcas Makgato.

A população foi instada a observar regras de higiene pessoal, como a lavagem das mãos com sabão depois de ir à casa de banho, antes e após a manipulação de alimentos e refeições, disse a responsável.

Referiu que, até ao momento, mais de 700 casos foram recenseados na Zâmbia, com quase 15 mortos, essencialmente na cidade capital, Lusaka.

Face a esta situação, as autoridades do Botswana recomendaram aos seus cidadãos, que se deslocam à Zâmbia e a outros países em causa, para tomarem precauções necessárias e evitarem zonas de riscos, indicou.

-0- PANA DRW/MA/FJG/IS/FK/DD 19jan2018

19 Janeiro 2018 10:42:56


xhtml CSS