Alemanha financia com 10 milhões de euros reforço de saúde reprodutiva no Togo

Lomé, Togo (PANA) – O Banco de Desenvolvimento Alemão (KFW) acaba de conceder 10 milhões de euros ao Togo para o financiamento do Programa de Reforço do Sistema Sanitário-Saúde Reprodutiva e Direito Sexuais (SRDS), soube a PANA de fontes oficiais em Lomé.

Segundo o Ministério togolês da Saúde, este projeto visa melhorar a saúde no Togo e, especificamente, os serviços da saúde reprodutiva e dos direitos sexuais.

A primeira fase do empreendimento vai começar na província de Kara (norte) devendo beneficiar prioritariamente as mulheres em idade de procriar, as grávidas e os recém-nascidos, precisa o Ministério da Saúde.

O Togo vai contribuir para este programa com uma soma total de 11 milhões de euros, assinalou.

Este programa, a título da cooperação financeira da Alemanha, foi pilotado pela GIZ, uma instituição alemã de desenvolvimento, graças a um estudo de viabilidade iniciado em 2015 e que resultou neste programa de SRDS, indica-se.

A Alemanha acompanha o Togo no domínio social e económico atribuindo particular importância à agricultura e a questões de descentralização.

-0- PANA FAA/JSG/IBA/FK/DD 28set2017

28 Setembro 2017 11:25:03


xhtml CSS