Alemanha e Quénia lançam projecto conjunto de género

Nairobi- Quénia (PANA) - – O Quénia e a Alemanha acabam de lançar um ambiocioso projecto conjunto de carácter social para lidar com questões reprodutivas das mulheres e a violência de género neste país da África do leste.
O projecto de seis milhões e 600 mil euros vai cobrir num periódo de três anos três distritos rurais, designadamente Kisumu (oeste), Kitui (leste) e Kiambu (centro) além de duas áreas informais de Nairobi, a capital queniana, na sua fase piloto.
A cerimónia de lançamento do projecto destinado a ajudar as pessoas desfavorecidas no acesso ao tratamento médico e aos serviços sociais foi oficializada pelo ministro queniano do Planeamento, Henry Obwocha.
O ministro louvou a Alemanha pela sua assistência, sublinhando que as lições a serem tiradas ajudarão a implementar o Fundo Nacional de Saúde Social e a reduzir a mortalidade materna e infantil.
O director do gabinete regional do banco alemão “KFW”, Joerg Dux, disse, por seu turno, que a sua instituição financeira reservou outros dois milhões e 500 mil euros para apoiar o Programa de Ampla Abordagem Sectorial (SWAP) do Ministério da Saúde.
Dux saudou as reformas que estão a ser levadas a cabo pelo Ministério da Saúde para satisfazer as necessidades dos quenianos e prometeu o apoio do KFW para garantir uma implementação bem sucedida do SWAP.

09 Junho 2006 10:27:00


xhtml CSS