Alassane Ouattara promete sanções contra autores de crimes

Abidjan, Côte d’Ivoire (PANA) – O Presidente da Côte d’Ivoire reconhecido pela comunidade internacional, Alassane Ouattara, prometeu que os autores de crimes e massacres durante a crise pós-eleitoral “serão severamente sancionados”.

Numa mensagem à nação, Ouattara garantiu quinta-feira que  « todos os massacres e todos os crimes serão esclarecidos ».

« Constituímos uma Comissão Nacional de Inquérito, cujos resultados serão divulgados e os autores dos crimes perpetrados serão severamente sancionados », afirmou Ouattara.

« Todas as disposições serão tomadas para permitir uma colaboração exemplar com as jurisdições internacionais e as organizações dos direitos humanos para inquirir, processar, julgar e punir severamente os autores destes atos inqualificáveis », acrescentou.

Várias organizações de defesa dos direitos humanos acusaram as Forças Republicanas da Côte d’Ivoire (FRCI), o novo Exército criado a 17 de março último por Ouattara, de violações dos direitos humanos durante a ofensiva militar contra as forças fiéis ao Presidente cessante, Laurent Gbagbo, no oeste do país.

O secretário-geral adjunto das Nações Undias para os Direitos Humanos, Ivan Simonovic, que está desde domingo em Abidjan para avaliar a situação geral dos direitos humanos, exprimiu a sua preocupação pela deterioração da situação dos direitos humanos manchada pelos massacres no oeste e por numerosas exações contra as populações civis.

-0- PANA BAL/TBM/MAR/TON 08abril2011

08 Abril 2011 09:12:28




xhtml CSS