Agricultura familiar assegura 99% da produção em Cabo Verde

Praia, Cabo Verde (PANA) – O Governo de Cabo Verde regozijou-se com o facto de as Nações Unidas terem designado 2014 como Ano Internacional para a Agricultura Familiar, tendo em conta que 99 porcento das explorações agrícolas no arquipélago são asseguradas desta forma, apurou a PANA na cidade da Praia de fonte oficial.

A ministra cabo-verdiana do Desenvolvimento Rural (MDR), Eva Ortet, assinalou a propósito que, em Cabo Verde, apesar dos avanços alcançados nos últimos anos, principalmente com o aumento da produtividade, os desafios e constrangimentos no setor da agricultura familiar são ainda “enormes”.

Em declarações à agência cabo-verdiana de notícias (Inforpress), Eva Ortet apontou a
a pequenês da produção, a falta de produtividade, as infraestruturas, o acesso aos fatores de produção como a terra e ao crédito, o investimento no setor pós-colheita para o desenvolvimento da agroindústria como os maiores constrangimentos enfrentados.

Os fatores mencionados são aqueles que, na opinião da governante responsável pelo setor agrícola, ainda tem “bastante défice”.

No entanto, assegurou, o programa do Governo vai no sentido de “promover” o desenvolvimento da agricultura familiar ao longo de toda a cadeia de produção.

Eva Ortet recordou também que o Governo está a trabalhar para ultrapassar outro constrangimento e que tem a ver com o défice do transporte marítimo, de modo a  que, por exemplo, os produtos produzidos em Santiago possam chegar, e a um preço razoável, aos mercados turísticos nas ilhas do Sal e da Boa Vista.

“O Governo já fez fortes investimentos no setor da água que é um fator importante na produção”, assinalou, recordando também a aposta que está a ser feita na formação e capacitação dos agricultores.

“Já investimos na construção de Escola de Formação e Transformação Agroalimentar, já construímos vários centros pós-colheita, tudo para apoiar os privados e não só”, disse a ministra.

Eva Ortet assinalou ainda que a FAO tem sido uma “grande parceira” do MDR na realização de vários projetos que já estão em andamento e outros que vão iniciar este ano, como o apoio ao recenseamento agrícola que vai terminar no mês de junho, o estudo do modelo de gestão das barragens, das escolas de hidroponia e escolas pós-colheita.

Com o apoio da FAO (agência das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação), o Governo vai também realizar este ano o estudo da revisão da Estratégia da Segurança Alimentar e Nutricional e do Plano Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional.

“Com os investimentos feitos com a mobilização da água, a massificação de rega gota-a-gota, introdução da cultura hidropónica, 2014 e os próximos anos vão ser anos de grande impacto desses investimentos na agricultura familiar”, assegurou.

A governante frisou que as políticas do Governo estão dirigidas para os pequenos agricultores e para minimizar os problemas ambientais. O objetivo é “promover o desenvolvimento económico”, permitindo uma “maior segurança” alimentar e nutricional das famílias e a redução da pobreza.

O 2014 foi declarado como o Ano para a Agricultura Familiar em dezembro de 2011, durante a Assembleia Geral das Nações Unidas que mandatou a FAO para promover e facilitar esse evento junto dos governos nacionais.

O objetivo é contribuir para melhorar o perfil da agricultura familiar, concentrando a atenção sobre o seu papel em aliviar a fome e a pobreza, garantir a segurança alimentar e melhorar os meios de subsistência.

A proteção do meio ambiente e da biodiversidade estão também na base da iniciativa para destacar a importância da agricultura familiar que inclui todas as atividades agrícolas de base familiar estando esta ligada a diversas áreas do desenvolvimento rural.

A agricultura familiar é também um dos temas centrais da XXII Cimeira ordinária dos Chefes de Estado e de Governos da União Africana (UA) que acontece em Addis Abeba (Etiópia entre 30 e 31 de janeiro, e na qual participa o Presidente cabo-verdiano, Jorge Carlos Fonseca.

-0- PANA CS/IZ 31jan2014  


01 Fevereiro 2014 15:43:33


xhtml CSS