Agricultores da Guiné-Bissau trocam experiências em Cabo

Verde Praia- Cabo Verde (PANA) -- Um grupo de cinco agricultores da Região de Nhacra, na Guiné-Bissau, encontra-se numa visita de uma semana a Cabo Verde para intercâmbio e trocas de experiências com colegas da Associação dos Agricultores, Avicultores e Pecuários do Colonato de Chão Bom, no concelho do Tarrafal, na ilha cabo-verdiana de Santiago.
A visita destes agricultores da associação "Nô Djunta", iniciada domingo, realiza-se no quadro de um processo em curso que prevê a curto/médio prazos trocas comerciais no domínio agropecuário entre a Guiné-Bissau e Cabo Verde.
No mesmo âmbito, um técnico ligado à Associação dos Agricultores e Pecuários do Colonato de Chão Bom deslocou-se à Guiné-Bissau, em Setembro do ano passado, com o propósito de administrar uma acção de formação sobre "Gestão e Organização Associativa".
Com a vinda deste grupo de agricultores bissau- guinneenses, os promotores desta iniciativa pretendem "estimular e incentivar o escoamento de frutas e outras produções agrícolas da Guiné-Bissau para o arquipélago", bem como a partilha de experiência nas áreas da agricultura e da criação de gado, entre outras.
De acordo ainda com fontes ligadas à Associação, a iniciativa tem também uma vertente social, uma vez que ela pretende criar condições para que a população com menos posse venha a adquirir frutas e outros produtos importados da Guiné-Bissau a um preço mais acessível do que nas condições actuais.
As duas partes vão também procurar encontrar as vias para estimular as exportações de Cabo Verde para a Guiné- Bissau.
Do programa da estadia da delegação de agricultores bissau-guneenses constam visita a uma Associação Agro- Hortelã para se inteirar do processo de transformação e conservação de produtos, troca de experiência com a associação de microcréditos Fami - Picos, visita ao cais da Praia e serviço de quarentena vegetal, entre outros.
A delegação do "Nõ Djunta" irá também inteirar-se do funcionamento de alguns mercados, nomeadamente o da Assomada e do Sucupira, onde muitos cidadãos da Guiné- Bissau exercem a sua actividade comercial.
Durante a sua estadia, os cinco elementos desta associação serão recebidos em audiência por algumas entidades, entre as quais o presidente da Câmara Municipal do Tarrafal de Santiago, João Domingos Correia, e o ministro do Ambiente, Desenvolvimento Rural e Recursos Marinhos, José Maria Veiga.

30 Março 2010 09:57:00


xhtml CSS