Agentes fiscais exigem melhores condições laborais e de vida no Burkina Faso

Ouagadougou, Burkina Faso (PANA) – O Sindicato Nacional dos Agentes Fiscais e Domínios (SNAID) do Burkina Faso observa esta terça-feira uma cessação momentânea de trabalho das oito às 11 horas no território nacional para exigirem melhores condições de vida e de trabalho.

Esta ação segue-se nomeadamente, segundo o sindicato, às recentes declarações da ministra da Economia, Finanças e Desenvolvimento, Rosine Coulibaly Sory, na imprensa julgadas "injuriosas" e que põem abertamente em causa "as conquistas históricas dos trabalhadores".

Os trabalhadores exigem, entre outros, o respeito pelos compromissos assumidos em matéria de motivações financeiras, a relocalização sem delongas de todos os serviços atualmente sem estruturas e a adoção dum plano de investimento a curto e médio prazos da direção geral dos impostos.

Desde o seu empossamento no início de 2016, o Governo do Presidente burkinabe, Roch Marc Christian Kaboré, faz face a um descontentamento social.

-0- PANA NDT/JSG/MAR/DD 17maio2016

17 Maio 2016 13:18:15


xhtml CSS