Adiada 33ª Conferência Ministerial da Francofonia no Togo

Lomé, Togo (PANA) – O Governo togolês anunciou o adiamento da 33ª Conferência Ministerial da Francofonia que devia realizar-se de 24 a 26 de novembro próximo, em Lomé.

Segundo um comunicado distribuído segunda-feira, na capital togolesa, este adiamento  decidido após concertação com a Organização Internacional da Francofonia (OIF) foi motivado pela «  preocupação duma melhor organização ».

"O Togo quer dotar-se de todos os meios necessários para melhor preparar este encontro internacional de alto nível",  indica o comunicado.

No entanto, várias fontes concordantes recolhidas junto das chancelarias e instituições em Lomé imputam este adiamento à «  situação política deletéria » prevalecente na capital togolesa e em várias cidades do país, desde agosto último, na sequência das manifestações da oposição, que reclama por reformas e pela demissão do Presidente Faure Gnassingbé, no poder desde 2005.

A Conferência Ministerial da Francofonia devia reunir, em Lomé, os ministros dos Negócios Estrangeiros dos 87 países-membros da OIF bem como membros associados e observadores sob o lema «  Economias Novas, Como Novos Motores de Crescimento, Inclusão Social e Desenvolvimento Sustentável”.

Ela devia culminar em « importantes decisões que deviam levar a OIF a apoiar os seus membros na mobilização de financiamentos com vista a desenvolver as economias novas », anunciou o Ministério togolês dos Negócios Estrangeiros.

Em setembro último, o Togo foi igualmente obrigado a adiar sine die a primeira Cimeira  África-Israel, que estava prevista para 23 a 27 de outubro corrente, também em Lomé.

-0- PANA FAA/JSG/FK/IZ 24out2017

24 octobre 2017 12:37:47




xhtml CSS