Adiada 11ª edição do Festival Pan-africano de Música de Brazzaville

Brazzaville, Congo (PANA) – O Governo congolês adiou "sine die" quinta-feira a 11ª edição do Festival Pan-africano de Música (FESPAM), inicialmente prevista para 19 a 21 de julho corrente, por “imperativos de agenda”, segundo um comunicado oficial transmitido esta sexta-feira à PANA.

« Por imperativos insuperáveis de agenda, o Governo congolês procedeu ao adiamento da 11ª edição do FESPAM inicialmente prevista para 19 a 21 de julho de 2017 para uma data ulterior », precisa o comunicado, acrescentando que "as autoridades competentes anunciarão em tempo útil um novo calendário".

« O Governo da República, preocupado em responder às expetativas da União Africana (UA), lembra à opinião nacional e internacional a profunda dedicação das autoridades do Congo aos valores culturais bem como ao espírito acolhedor que carateriza o nosso continente », lê-se na nota.

O Governo expressa as suas lástimas à UA e aos numerosos Africanos ansiosos por este grande encontro cultural, garantindo-lhes que « o FESPAM foi apenas adiado e que o Governo congolês tomará todas as disposições para acolher delegações que eventualmente chegarem a Brazzaville ».

O comissário-geral do FESPAM, Gervais Huges Ondaye, saudou esta decisão do Governo congolês.

“É uma decisão de grande alcance para o Congo, África e a comunidade musical mundial  senão para a sua diáspora. Foi preciso fazê-lo porque os sinais enviados para tal não foram  positivos”, indicou.

-0- PANA MB/TBM/FK/DD 14julho2017

14 juillet 2017 13:08:27


xhtml CSS