Aberta 13ª cimeira dos chefes de Estado da UA em Sirtes

Sirtes- Líbia (PANA) -- A 13ª sessão ordinária da conferência dos chefes de Estado e Governo da União Africana (UA) iniciou-se quarta-feira em Sirtes, no centro da Líbia, constatou a PANA no local.
Mais de vinte chefes de Estado estão presentes nesta cimeira cuja cerimónia de abertura foi honrada pela presença do Presidente brasileiro, Luiz Inácio Lula da Silva, convidado de honra da cimeira, e do Emir do Qatar, Sheikh Hamad Bin Khakifa Al Thani.
O Presidente Lula da Silva deve expor a seus pares africanos a experiência brasileira na área da agricultura durante este encontro que decorre sob o lema "Investir na agricultura para o crescimento económico e a segurança alimentar".
Da agenda da cimeira constam diversas questões importantes, nomeadamente a transformação da Comissão em Autoridade da União.
O presidente em exercício da UA, o guia líbio Muamar Kadafi, fez diversas propostas neste sentido, nomeadamente a transferência de todas as prerrogativas dos órgãos da União para a Autoridade que terá todos os poderes executivos.
Os chefes de Estado e de Governo vão analisar igualmente o relatório do Conselho de Paz e Segurança sobre a situação em África.
Vão debruçar-se nomeadamente sobre o relatório do Grupo dos Sábios relativo ao reforço do papel da União Africana em matéria de prevenção, gestão e resolução das divergências sobre eleições e conflitos violentos em África.
Outras questões serão também abordadas pelos chefes de Estado e Governo, nomeadamente o relatório sobre a implementação da Nova Parceria para o Desenvolvimento da África e o do Comité dos Dez sobre as Reformas das Nações Unidas.
Por outro lado, a cimeira debruçar-se-á sobre o relatório interino da Comissão sobre a Implementação da Decisão sobre o Caso Hissène Habré e sobre o relatório da Comissão sobre a Reunião dos Estados Africanos Signatários do Estatuto de Roma sobre o Tribunal Penal Internacional (TPI).
À margem desta sessão, a Comissão da União Africana vai assinar três acordos de cooperação com o Brasil, devendo debruçar-se sobre o desenvolvimento do algodão em África, o desenvolvimento social e o reforço da agricultura.
A 13ª sessão dos chefes de Estado e de Governo da União Africana findará sexta-feira.

01 Julho 2009 20:40:00




xhtml CSS