Abdou Diouf satisfeito com Conferência Ministerial da Francofonia

Antananarivo- Madagáscar (PANA) -- O secretário-geral da Organização Internacional da Francofonia (OIF), Abdou Diouf, declarou quarta- feira que a conferência da Francofonia realizada em Antananarivo atingiu os seus objectivos.
"Questões importantes tais como a prevenção e a manuntenção da paz e os procedimentos orçamentais internos da OIF para os próximos quatro foram abordadas durante este encontro num espírito construtivo", regozojou-se o ex-Presidente senegalês durante a conferência de imprensa que marcou o fim dos trabalhos deste fórum de dois dias.
"Todas as delegações expresaram-se livremente sobre a reforma institucional por forma a que seja adoptada por unanimidade.
Devo dizer que estes dois dias de intensos trabalhos permitiram que obtivessemos resultados muito concretos.
A qualidade destes resultados de que não podemos ter medo de maneira alguma para o futuro da Francofonia", acrescentou Diouf.
A Conferência Ministerial da Francofonia (CMF), segunda instância da Francofonia após a cimeira dos chefes de Estado membros, foi sobretudo marcada pela adopção da nova Carta da Franconfonia que acorda cada vez mais poderes ao secretário-geral da OIF.
O texto de 17 artigos, designado "Carta de Antananarivo", suprime a Agência Intergovernamental da Franconfonia (AIF) e acorda a Diouf a prerrogativa de designar um administrador, seu principal colaborador.
A reforma institucional reafirma a vontade da OIF de se interessar cada vez mais pelo alerta e pela prevenção de conflitos.

23 Novembro 2005 18:54:00




xhtml CSS