ASECNA chamada a reforçar assistência técnica do espaço aéreo em África

Dakar, Senegal (PANA)   - O ministro senegalês das Infraestruturas e Transportes, Thierno Alassane Sall, pediu esta quinta-feira em Dakar ao diretor-geral da Agência para a Segurança da Navegação Aérea em África e Madagáscar (ASECNA),  Amadou Ousmane Guitteye, para reforçar a assistência técnica com vista a dotar o espaço aéreo do continente de infraestruturas capazes de responder ao aumento previsível do tráfego aéreo em África.

Falando na abertura da 123ª sessão do Conselho de Administração da ASECNA, Sall declarou que este encontro reveste duma importância particular, indicando que ele se realiza a duas semanas da entrada em vigor da nova convenção de Genebra relativa à Agência assinada em abril de 2010 no Gabão.

Ele sublinhou que esta convenção consagra de forma mais legível o estatuto de instituição internacional da ASECNA a aumenta as suas responsabilidades diretas na gestão da segurança da navegação aérea a favor dos Estados.

Segundo ele, a aviação civil mundial regista nestes últimos anos importantes evoluções marcadas pelos agrupamentos de grandes companhias, pela emergência das questões ligadas à segurança e pelo nível de tecnologia dos instrumentos nas aeronaves, afirmando que esta situação impõe a ASECNA a permanecer na ponta da evolução tecnológica.

Sall indicou que incumbe aos administradores a árdua tarefa de estudar os documentos submetidos pela Direção Geral e tomar resoluções capazes de facilitar uma governação exemplar da Agência.

Para o ministro burkinabe dos Transportes, Correios e Economia Digital, Gilbert Noêl Ouédraogo, com a preocupação de modernização, o seu país desembolsou uma soma de 126 milhões de francos CFA para a construção dum novo aeroporto em Ouagadougou, revelando que todas as condições estão reunidas para o lançamento das obras  de construção no início do  próximo ano.

O governante burkinabe afirmou que o transporte aéreo regista plena progressão e novas infraestruturas modernas e de alta gama que respondam às exigências internacionais da aviação civil são necessárias.

-0- PANA DOU/AAS/FK/TON 13dez2012

13 Dezembro 2012 20:42:08




xhtml CSS