ADEA lança apelos a contribuições para Trienal de 2017

Abidjan, Côte d’Ivoire (PANA) – A Associação para o Desenvolvimento da Educação em África (ADEA) anunciou, quarta-feira, o lançamento do apelo para as contribuições da sua segunda Trienal a realizar-se de 15 a 17 de março de 2017, na cidade de Marraquexe, em Marrocos.

No quadro da preparação desta Trienal, a decorrer sob o lema “Revitalizar a Educação na Perspetiva do Programa Universal de 2030 e Agenda 2063 para África”,  a ADEA está à procura de estudos de casos, relatórios de investigação, relatórios nacionais, relatórios baseados em projetos e testemunhos  ou resumos de consultas com os atores educacionais.

Os atores educacionais podem ser os países e/ou organizações que deverão submeter as suas contribuições ou documentação sobre um dos subtemas do evento centradas nos desafios  de execução, nos insucessos e nas práticas e inovações aplicáveis, entre outros.

Os diferentes subtemas são a aplicação da educação e  aprendizagem durante toda a vida para o desenvolvimento sustentável, a promoção da ciência, da matemática e das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC), a educação para o renascimento cultural africano e dos ideais pan-africanos e a promoção da paz e da cidadania mundiais através da educação.

O objetivo geral desta Trienal é servir de tribuna de partilha de experiência para os diferentes atores e conceber de forma coletiva as estratégias, as modalidades, as condições e os fatores para a operacionalização e aplicação do Quadro de Ações da Educação conforme os quadros mundiais e continentais.

Os artigos escolhidos serão apresentados durante a Trienal de 2017, estando a submissão dos apelos para as contribuições fixada para 31 de julho próximo.

-0- PANA BAL/IS/FK/IZ 30junho2016

30 Junho 2016 14:48:41


xhtml CSS