994 alunos perdem provas finais devido ao terrorismo no norte do Burkina Faso

Ouagadougou, Burkina Faso (PANA) – No total, 994 alunos burkinabes no norte do país perderam suas provas finais do ano letivo 2018, iniciadas segunda-feira devido ao terrorismo, anunciou um relatório do Governo burkinabe.

« A nível da região do norte, os alunos de Kain, de Solé e de Ban, e alguns de Titao, ou seja um  um universo de 994 jovens, farão provas especiais devido ao contexto de insegurança que não lhes permitiu concluírem a sua escolaridade», lê-se num relatório do Conselho de Ministros realizado segunda-feira.

No entanto, «78 alunos manifestaram o desejo de fazer as provas normais porque eles afirmam estar bastante prontos para as mesmas», acrescenta o texto.

Para o ministro burkinabe da Educação, Stanilas Ouara, para este ano, haverá duas situações, designadamente as provas normais no decurso de setembro próximo e as especiais para alguns alunos na região do Sahel, precisamente na província de Soum, tendo em conta a situação de insegurança.

O norte do Burkina Faso mergulhou, desde 2015, numa onda de ataques terroristas que fez vários mortos e deslocados, provocando o encerramento de várias escolas, refere-se.

-0- PANA NDT/IS/SOC/FK/DD 19junho2018

19 Junho 2018 13:48:38


xhtml CSS