66 migrantes ilegais tunisinos resgatados por guardas costeiros italianos

Túnis, Tunísia (PANA) - Sessenta e seis migrantes clandestinos tunisinos foram socorridos pela Guarda Costeira italiana, quinta à noite, no Mediterrâneo, ao largo da ilha italiana de Betoneira, e transportados para um dos portos de Sicília, anunciaram fontes de segurança italianas.

Os canais de Televisão italianos, citando essas fontes, indicaram que os migrantes foram transportados a bordo de dois barcos de patrulha da Guarda Costeira e da Polícia italianas.

Um outro grupo de 450 migrantes já havia chegado a um segundo porto de Sicília, indicaram as mesmas fontes.

A chefe da missão da Organização Internacional das ;igrações, Lorena Lando, revelou segunda-feira última na Tunísia que três mil e 73 migrantes tunisinos chegaram à Itália de  janeiro a meados de julho de 2018, afirmando que a Tunísia ocupa atualmente o primeiro lugar  em número de migrantes clandestinos que viajam para a Itália.

De 1 de janeiro a 30 de abril de 2018, mil e 910 migrantes tunisinos chegaram à Itália, colocando a Tunísia no primeiro lugar em relação ao número de migrantes irregulares, seguida da Etiópia (1.810 migrantes) e da Nigéria (695), explicou Lando.

-0- PANA YY/IN/JSG/DIM/IZ 22julho2018



21 Julho 2018 11:47:46


xhtml CSS