600 delegados esperados no Fórum sobre investigação sanitária no Mali

Bamako- Mali (PANA) -- Cerca de 600 delegados, incluindo vários ministros da Saúde, da Ciência e Tecnologia e do Desenvolvimento Social, tomarão parte de 17 a 19 de Novembro de 2008 na capital maliana, Bamako, no Fórum Mundial sobre a Investigação para a Saúde, soube a PANA junto do Ministério maliano da Saúde.
Participarão igualmente neste encontro cientistas, docentes universitários, representantes da sociedade civil, de institutos nacionais de investigação sobre a saúde, de fundações filantrópicas bem como delegados do sector privado.
Cerca de 50 lugares estão reservados aos autores de artigos seleccionados no termo dum concurso lançado em Fevereiro último.
O Fórum visa o reforço da liderança para a saúde, a equidade e o desenvolvimento, o envolvimento de todas as partes interessadas na investigação e inovação para a saúde e o reforço das responsabilidades dos sistemas de pesquisa.
O evento vai passar igualmente em revista os progressos feitos nos últimos 20 anos, em particular os compromissos assumidos durante conferências anteriores, insistir nos desafios actuais e repor a investigação sanitária no contexto da pesquisa para o desenvolvimento.
O Fórum reflectirá sobre questões ligadas à saúde, à ciência e tecnologia, ao ensino, à alimentação, à água e agricultura, às ciências sociais e à investigação sobre a acção comunitária.
Desde 1990, foi reconhecido a nível internacional que uma fraca parte da investigação sobre a saúde abrange as doenças negligenciadas e a saúde das pessoas pobres nos países com rendimento fraco e médio.
Em 2000, a primeira conferência sobre a investigação relativa à saúde para o desenvolvimento foi organizada em Banguecoque, na Tailândia, para analisar as mudanças ocorridas durante os anos 90.
Em 2004, a cimeira ministerial sobre a investigação relativa à saúde decorreu no México conjuntamente com o Fórum Mundial sobre a Pesquisa Sanitária.
Por ocasião desta cimeira, os ministros da Saúde fizeram uma declaração na qual apelaram aos governos para melhorar o seu envolvimento no financiamento da investigação necessária para garantir sistemas de saúde dinâmica e para reduzir as desigualdades e as injustiças.
O Fórum de Bamako é conjuntamente organizado pelo Banco Mundial, pelo Conselho de Investigação sobre a Saúde para o Desenvolvimento (COHRED), pelo Fórum Mundial para a Investigação Sanitária, pela Organização Mundial da Saúde (OMS), pelo Governo maliano e pela Organização das Nações Unidas para a Educação Ciência e Cultura (UNESCO).

01 Julho 2008 17:32:00




xhtml CSS