60,9 porcento de Nigerianos vivem na pobreza

Lagos, Nigéria (PANA) – A percentagem de Nigerianos que vivem na pobreza passou de 54,7 porcento em 2004 para 60,9 porcento em 2010, de acordo com dados divulgados esta semana pelo Gabinete Nacional de Estatísticas (NBS).

Mais precisamente, 112 milhões de Nigerianos vivem na pobreza (os que podem apenas  alimentar-se, vestir e abrigar-se).

Segundo o NBS, o número de pessoas que vivem na pobreza aumentou apesar de um crescimento de 7,6 porcento do Produto Interno Bruto (PIB) nacional.

O eminente especialista nigeriano em estatística, Yemi Kale, descreveu a situação como um "paradoxo", pois, explicou, o número de Nigerianos que vivem na pobreza continua a aumentar enquanto a economia progride.

"O NBS estima que esta tendência poderá reforçar-se em 2012 se os impactos positivos potenciais de vários programas de luta contra a pobreza e o desemprego não forem tidos em conta", avisou Kale durante a apresentação de um relatório intitulado "Análise da Pobreza na Nigéria em 2010".

A distribuição do número de pobres pelas seis zonas geopolíticas do país revela que o noroeste e o nordeste registam as taxas de pobreza mais elevadas, respetivamente 77,7 porcento e 76,3 porcento.  

Para Kale, o sudoeste, onde se situa Lagos, a capital económica, regista as taxas de pobreza mais fracas com 59,1 porcento.

Quanto aos índices da taxa de pobreza relativa, absoluta e a partir do limiar de um dólar americano por dia, o NBS estima que a pobreza poderá conhecer um ligeiro aumento respetivamente de até 71,5 porcento, 61,9 porcento e 62,8 porcento em 2012, explicou.

-0- PANA SEG/NFB/JSG/CJB/IZ 15fev2012

15 Fevereiro 2012 16:19:14


xhtml CSS