450 refugiados nigerianos fogem de ataques de Boko Haram no Tchad

Túnis, Tunísia (PANA) - Mais de sete mil refugiados nigerianos, que fugiram de ataques cometidos por homens armados no nordeste da Nigéria, encontram-se nos últimos dias no oeste do Tchad, anunciou o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR).


Ataques contra a cidade nigeriana de Baja e regiões circundantes do Estado de Borno, nordeste da Nigéria, perpetrados por elementos da seita extremista de Boko Haram implicaram deslocações maciças de pessoas ao Tchad vizinho, informou o porta-voz do ACNUR, Adrian Edwards.

Indicou a ofensiva contra a cidade de Baja centenas de mortos obrigando a maioria dos seus habitantes a fugirem.

No Tchad, os refugiados vivem com  comunidades locais em aldeias a 450 quilómetros ao noroeste de Ndjamena, cidade capital.

O Governo tchadiano pediu ajuda a agências humanitárias a favor destes refugiados.

-0- PANA AD/IN/JSG/DD 10jan2015

10 Janeiro 2015 19:05:15


xhtml CSS