41 mortos após chuvas torrenciais no Rwanda

Kigali, Rwanda (PANA) - As fortes chuvas que se abateram sobre várias regiões do Rwanda causaram a morte de pelo menos 41 pessoas e destruíram cerca de três mil e 194 habitações desde meados de março com o arranque da estação das chuvas, revelaram terça-feira, em Kigali, as autoridades rwandesas.

O Ministério rwandês da Gestão das Catástrofes e Assuntos Relativos aos Refugiados declararam que, durante as chuvas que provocaram inundações súbitas nas três últimas semanas no Rwanda, pelo menos 162 pessoas ficaram feridas.

Segundo relatórios, pelo menos mil e 751 hectares de plantações foram destruídas, cerca de 681 animais domésticos morreram e numerosos postes elétricos foram derrubados depois que várias regiões isoladas receberam o raio acompanhado de fortes chuvas.

O Departamento de Meteorologia do Rwanda anunciou que o país será atravessado por relâmpagos e fortes chuvas, nos próximos dias, o que causará provavelmente inundações consideráveis.

Sublinhou que as fortes chuvas desencadeadas pelos ventos provocaram igualmente o desabamento dos tetos das salas de aula em 15 escolas primárias e secundárias do país.

As províncias do norte e oeste do Rwanda são regularmente afetadas pelas chuvas torrenciais, em particular, durante a estação que vai de setembro a dezembro e de fevereiro a maio.

As previsões meteorológicas mostram que o setor norte/sul do Grande Corno de África (GHA) vai receber precipitações máximas durante o período de março a maio.

-0- PANA TWA/VAO/AKA/JSG/IBA/MAR/IZ 17abril2018

17 avril 2018 23:26:56


xhtml CSS