300 casos de tráfico de crianças recenseados na Tunísia, diz Governo

Túnis, Tunísia (PANA) – Os casos de tráfico de crianças recenseados na Tunísia atingiram no final de 2017 o número de 300,  declarou segunda-feira em Túnis a ministra da Mulher, Família e Infância, Naziha Laâbidi, sem precisar a data exata do início deste fenómeno.

Laâbidi, que falava durante uma conferência regional em Túnis sob o lema "Troca de Experiências sobre o Tráfico de Crianças na Região do Médio Oriente e na África do Norte", indicou que o fenómeno afeta hoje, particularmente raparigas trabalhadoras em casas de famílias ricas na cidade capital ou nas cidades costeiras.

Estas raparigas provêm nomeadamente das províncias do noroeste do país, disse a governante, acrescentando que elas são vítimas de todos os tipos de violência e de restrição de liberdade.

Por sua vez, a diretora-geral do Observatório da Informação, Documentação e Estudos sobre a Proteção dos Direitos da Criança, Hajer Chérif, indicou que 9,7 porcento dos petizes, cuja idade é compreendida entre os cinco e os 17 anos, são explorados na Tunísia.

Sublinhou que foram registados 700 casos de denúncia de agressão sexual contra as crianças, essencialmente originárias das zonas rurais do noroeste.

-0- PANA YY/IN/TBM/FK/DD 10julho2018

10 Julho 2018 13:58:40


xhtml CSS