20 mil Tunisinos, dos quais mil e 60 supostos terroristas, cativos na Tunísia

Túnis, Tunísia (PANA) – A população carceral da Tunísia avalia-se em em 20 mil prisioneiros, dos quais mil e 60 presumíveis terroristas, anunciou o diretor-geral do Instituto Tunisino dos Estudos Estratégicos (ITS, sigla em francês), Neji Jalloul.

Jalloul deu esta informação segunda-feira em Túnis no quadro duma sessão de audição realizada pela comissão de inquérito do Parlamento tunisino sobre os resultados dum estudo efetuado pelo ITES sobre elementos provenientes de zonas de tensão e encarcerados atualmente em várias cadeias na Tunísia.

O estudo revelou que 88 porcento dos Tunisinos, que frequentaram grupos terroristas e que estão atualmente em prisão, são empregados diários ou desempregados, anunciou o responsável.

As autoridades tunisinas estimam que pelo menos três mil terroristas tunisinos estão nas zonas de tensão, nomeadamente na Síria, no Iraque e na Líbia, contra seis mil terroristas anunciados em estimativas internacionais.

-0- PANA YY/IN/BEH/FK/DD 24julho2018

24 july 2018 13:02:07


xhtml CSS