2 soldados ivoirienses detidos no quadro de ataque de cidade balnear de Grand-Bassam

Abidjan, Côte d’Ivoire ( PANA) – Dois soldados ivoirienses foram detidos no quadro do inquérito sobre o ataque terrorista de 13 de março último na cidade balnear ivoiriense de Grand-Bassam, anunciou quarta-feira última o procurador militar, Ange Bernard Kessi Kouamé.

Estes dois soldados pertencentes um a um batalhão de apoio e do comando de San-Pedro das Forças Republicanas da Côte d’Ivoire (FRCI) e outro à Guarda Republicana, estão processados por violação de ordens militares, precisou o procurador Ange Kessi Kouamé, durante uma conferência de imprensa.

O Tribunal Militar acusa-os de não terem dado alerta à sua hierarquia depois de terem estado em contacto com terroristas autores do ataque de Grand-Bassam.

O procurador militar acrescentou que o motorista dos terroristas teria pedido droga a um dos soldados que o confessou durante a sua audição.

Encarcerados atualmente no Centro de Detenção Militar de Abidjan (MAMA), os dois réus aguardam pela abertura do seu julgamento entre 22 e 30 de agosto próximo.

O balanço do ataque de Grand-Bassam culminou na morte de 19 pessoas, das quais várias  originárias de países ocidentais.

-0- PANA BAL/BEH /SOC/FK/DD 14julho2016

14 Julho 2016 10:54:17


xhtml CSS